Honeymoon – Parte III

Saimos de Bath em direção à Wales. Destino Pembroke. No caminho passamos por Bristol, atravessamos a Severn Bridge e chegamos em Wales. Ja na saida do toll começamos a ler placas em gaulês e inglês. No caminho paramos numa rest area para irmos ao banheiro e tomar um café, e nosso unico contato com um nativo foi um desastre ! Queriamos comprar o café e ele repondeu que a maquina não estava funcionando, mas nem eu, nem marido entendemos o inglês dele. Ficamos chocados com isso !
Depois de duas horas cruzando Wales, chegamos em Pembroke onde pegamos nosso ferry-boat (foto acima) que nos levou até Rosslare na Irlanda. O ferry parece um shopping, com lojas, bares, restaurantes e areas de lazer para as crianças. A viagem de quatro horas passou voando com tanta diversão ! Rosslare fica ao sul da Irlanda, a um pouco mais de uma hora de Dublin. Quando saimos do ferry ja entramos no clima irlandês: chuva e chuva. As estradas da Irlanda não são modernas como no continente, foi uma das primeiras coisas que notamos. Seguimos pela N11, que nos deixou direto no ring de Dublin. Ja era noite.
Quando a gente pensa em Dublin, vem logo na cabeça cerveja.
E cerveja irlandesa é a Guiness. Então la fomos nos fazer o
roteiro bem turista de visitar a cervejaria.

A cervejaria é imensa, e eles possuem essa espécia de museu que conta a
historia da Guiness, mostrando a evolução através do tempo, todo o processo
de fabricação da cerveja, plantações, tipos diferentes da marca.

No ultimo andar desse prédio modernissimo, vc faz um “curso” de como
colocar a crveja num copo, quanto tempo esperar depois de servida até que
ela fique no ponto para ser bebida. Até eu que não bebo fiquei
encantada com tanta informção !

Dublin, também possui os ônibus double-deck.
Passamos um dia inteiro andamos de ônibus, sempre no
andar de cima, é claro ! Alias, os ônibus de city tour hop-in hop-off é uma
maneira bem pratica de se locomover pelos pontos turisticos da cidade.

O Dublin Castle fica no meio da cidade, em estilo gaélico, e uma vez ocupado
por vikings. Foi usado como presidio e também como morada de religiosos.

No dia em que visitamos o castelo, havia essa exposição de
escultura grandiosas feitas de areia, no patio da frente.

Uma vez em Dublin, é obrigatorio ir em pubs ! O lugar favorito dos
irlandeses. Segundo ao namorado irlandês da minha amiga, é a unica
forma de se divertir em dias frios e chuvosos, isto é, sempre !
O The Temple Bar é o pub mais célebre da cidade, por conta dele
toda região em sua volta recebeu o nome Temple Bar Cultural Trust.
Resumindo: é aqui que a noite “bomba”. São ruas e ruas,
com lojas, bares, clubs, e restaurantes.
¤
¤
¤
P.S.: Em Dublin não ficamos em hotel, pois ficamos na casa de uma das minhas melhores amigas de escola, que mora la.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s